Veja Sua Saúde Emocional Com Mais Assertividade [5 maneiras de ser mais assertivo]

assertividade

O que é assertividade, você pergunta? A definição de assertividade inclui a confiança para expressar opiniões com clareza e firmeza, para apoiar em caso de desacordo, para fazer contato visual forte e estável, para usar gestos com as mãos enfáticos, para exibir uma linguagem corporal calma e confiante enquanto falando e ouvindo.

Normalmente, as pessoas exibem o oposto de assertividade

  • Em vez de confiança, expressam insegurança,
  • Em vez de calma, exibem ansiedade,
  • Em vez de contato visual, olham para o lado,
  • Em vez de gestos enfáticos com as mãos com os quais brincam seus cabelos e brincam com suas roupas,
  • Em vez de uma linguagem corporal calma e confiante, eles inclinam os ombros, relaxam nas cadeiras, se amarram com as pernas cruzadas e os braços cruzados até ocuparem metade do espaço a que têm direito.

Você certamente conhece pessoas assim.

Muitas pessoas ficam sabendo de um acontecimento horrível e já começam a pensar: o que eu farei se isso acontecer comigo?

Aí começam a se defender de algo que nem sabem se irá existir onde as probabilidades são pouquíssimas.

A vida nos proporciona simplicidade, começando pelo dia a dia.

Usamos 1/3 da nossa vida para dormir + 1/3 para trabalhar, 1/3 que restou é para fazermos tudo o que de mais existe.

Então, essas pessoas perdem muito tempo se desgastando e lutando contra os malefícios nesse tal de futuro que tanto imaginam que existirá.

Conclusão: não sobra tempo para obter os benefícios que a vida nos proporciona.

Exceto, se usarmos de mais assertividade nas nossas escolhas, sejam elas concientes ou não.

assertividade-assertiveness-happy-young-woman-with-index-fingers

VEJA 5 GRANDES RECOMENDAÇÕES PARA UMA REFLEXÃO:

Comece a pensar em arrumar umas horas do seu dia para praticar hábitos saudáveis, afinal a sua saúde emocional é tão ou mais importante que os seus compromissos diários.

  1. Realizar atividades mais prazerosas com um grau de satisfação, bem estar, amor próprio, admiração e motivação como exemplo ter um hobby, desfrutar do lazer, distração e passatempo dando uma trégua para a sua mente, isso melhora a concentração, estimula a inteligência e as habilidades sociais.
  2. Mudar os sentimentos por meio de estudos, do entendimento e do conhecimento;
  3. Fazer exercícios ao ar livre;
  4. Sair com amigos (as) após término da [Pandemia];
  5. Avaliar a proposta de realizar um curso colocando compromisso, objetivo e ocupação para o dia seguinte.

Tudo isso irá tirar você do comodismo mudando a rotina; e para encerrar com “chave de ouro” se dê parabéns pelas conquistas e resultados diários obtidos mesmo que pequenos.

Definição de assertividade

Definição de assertividade

Assertividade é uma habilidade de comunicação onde se caracteriza por uma qualidade de fazer uma afirmação enfática sobre algo ou alguém, uma opinião defendida por uma pessoa; (não significando estar certa ou errada).

Ser assertivo é ser firme e direto sem sentir constrangimentos; ou seja, ter uma “postura decidida” e convincente mas não agressiva.

Significa também, Ir direto ao ponto mas com tato; resistir às tentativas de manipulação sem ser autoritário ou prejudicar relacionamentos; transmitir a fala com tom de confiança mas sem ser rude, ter qualidade nos seus “argumentos” e capacidade de síntese.

5 MANEIRAS DE SER ASSERTIVO:

  1. Seja comunicativo: Sendo mais objetivo, transparente, claro, simples; isso confere alta diplomacia e credibilidade.
  2. Seja pacífico: Se apresente com clareza e para dar soluções sem inércia ou omissão.
  3. Seja mais natural: Você será mais feliz porque ficará menos propenso a atitudes viçosas ou compulsivas.
  4. Tenha autoconfiança: Com suas ideias de acordo com a sua postura poderá até ser um orientador, planejando e executando trazendo assim um raciocínio mais ponderado.
  5. Tenha respeito: Aceitar a si mesmo é muito difícil na atualidade porque muitas pessoas buscam os valores dos outros para se espelharem ou pelo lado oposto agem no individualismo.

10 ESTILOS COMPORTAMENTAIS DO ASSERTIVO:

  1. A solução é o equilíbrio. Eles seguem os seus direitos e costumes mas com cuidado para não violar os dos outros.
  2. Se expressa, mas ouve também.
  3. Cuida das relações, mas é honesto com os sentimentos e opiniões.
  4. O contexto visual é direto e não ameaçador.
  5. Fala para todos escutarem.
  6. Sua postura é tranquila e responde de forma direta às situações.
  7. Seu conteúdo verbal é na primeira pessoa.
  8. É colaborativo mesmo que nem sempre agrade a todos.
  9. Sabe que alguém não gostou do que disse mas fala sem ofender.
  10. Tem cautela em dizer ou não, algo quando precisa falar.

Independentemente do estilo comportamental existente, é possível mudar com o aprendizado, e uma maneira simples e natural de conseguir isso, é convivendo com esse tipo de pessoa.

É frustrante ver colegas com quem trabalhamos ou pessoas que convivemos sabotando a si mesmas e minando sua própria autoridade e eficácia por causa da incapacidade de serem assertivas.

ASSERTIVIDADE NA SAÚDE

A assertividade é também uma habilidade social necessária nos profissionais de enfermagem e fisioterapia, sabia disso?

Os profissionais de saúde estão constantemente inter-relacionados com outras pessoas, ora decorrentes dessas relações e situações angustiantes conflitantes.

A Pandemia do Covid-19 excedeu, e muito, nas exigências por mais assertividade nos diagnósticos feitos as pressas. Este é apenas um dos exemplos, e existem muitos.

A assertividade como habilidade relacional deve ser vista como um requisito na formação dos profissionais de enfermagem e fisioterapia, pois bem aplicada possibilita maior e mais completa realização dos cuidados e serviços prestados,

Estudo da assertividade

Um estudo experimental da assertividade começou em meados do século passado e estava relacionado à prática clínica. Diversos profissionais da saúde, de renome, trabalharam nesta área.

Psicólogos clínicos que aceitaram a incerteza (não assertividade) como motivo de algumas doenças mentais e, portanto, para tratá-las, implantaram diversos programas de treinamento com o objetivo de desenvolver a assertividade.

Nos anos 60, quando a psicologia humanística apareceu no palco da história, crescia o interesse pela motivação consciente e estabelecimento de metas, autoafirmação e desenvolvimento do potencial pessoal.

A personalidade começou a ser examinada em relação à sua capacidade de autoaperfeiçoamento e autoatualização.

Nos anos 70, quando o movimento pelos direitos civis estava crescendo, vários psicólogos deram atenção à assertividade como meio de proteger os direitos individuais.

Ficou enfatizado que a capacidade de proteger os próprios direitos humanos de forma humana e democrática, sem prejuízo dos direitos fundamentais de terceiros, estava entre as importantes características de conduta assertiva.

Com o tempo, aumentaram o interesse pela assertividade como meio de fortalecer o potencial humano e alcançar a máxima realização pessoal.

ASSERTIVIDADE COMO MÉTODO DE CONTROLE DE DOENÇAS MENTAIS

O estudo da assertividade como fenômeno teve início em meados do século XX.

Em suas atividades, os psicólogos e psicoterapeutas praticantes descobriram que a maioria dos pacientes neuróticos e aqueles que sofrem de doenças depressivas sentem insegurança, solidão e deficiência na comunicação.

A relação entre doenças mentais e falta de habilidades assertivas nos pacientes guiou os terapeutas à ideia de que a incerteza que produz o estresse interno causava transtornos neuropsiquiátricos.

A primeira pesquisa sobre assertividade foi realizada pelo psicólogo e psicoterapeuta americano Andrew Salter em 1949.

Com base em sua experiência clínica, identificou-se seis características de personalidade forte e assertiva:

  • emocionalidade da fala, que consistia em expressar abertamente os próprios sentimentos;
  • expressividade da fala, que exigia expressão precisa e espontânea dos sentimentos;
  • capacidade de se opor e contrariar as opiniões dos outros por meio da expressão direta e clara de seus próprios pontos de vista;
  • usar o pronome pessoal “eu” como ilustração do fato de que um homem apoiaria suas palavras;
  • aceitar elogios, não como um sinal de falta de recato, mas como uma expressão de respeito próprio e avaliação adequada de suas próprias forças e habilidades;
  • impulsividade nas próprias ações e recusa do planejamento como manifestação das próprias inclinações improvisadas (Salter, 2002 , pp. 57-59).

Esses acentos foram incorporados como técnicas terapêuticas em sua prática clínica.

Foi dada ênfase primária à necessidade de expressão plena e espontânea de sentimentos, desejos e necessidades pessoais como condição para a expansão das oportunidades de autorrealização e desenvolvimento pessoal.

CONCLUSÃO

Para ser assertivo, o ser humano não só deve conhecer seus direitos, mas também ser capaz de aplicá-los em diferentes situações e circunstâncias.

A assertividade é, na verdade, um dos conjuntos de habilidades mais positivas que você pode incentivar em uma pessoa para o sucesso por toda a vida.

Na verdade, estudos mostram que pessoas assertivas são:

  • Pessoas que tem menos probabilidade de serem intimidadas;
  • Melhores comunicadores;
  • Tem menos probabilidade de agir agressivamente;
  • Mais confiante;
  • Menos estressado;
  • Mais responsável;
  • Melhor equipados para resistir à pressão dos pares.
  • Bons em encontrar as melhores soluções e resolver problemas

A assertividade pode ser uma virada de jogo. Pode dar um impulso à sua carreira e à sua vida pessoal de maneiras que você não esperava.

Quando você é assertivo, você adota a honestidade, a comunicação aberta e o equilíbrio. Você também está confiante o suficiente para aceitar opiniões divergentes e considerar os pontos de vista dos outros.

Assertividade é o ponto ideal entre a passividade e a agressão.

Muitos de nós tendem a ser desequilibrados em nossa abordagem, permitindo que os outros passem por cima de nós ou exercendo nossa autoridade de uma maneira que parece forte ou exigente.

Logo, a assertividade é uma habilidade que pode ser aprendida, começando com um bom entendimento de quem você é, o que você quer e reconhecendo seu próprio valor enquanto observa e respeita os limites das outras pessoas.

Quando você é assertivo, é sincero sobre suas intenções, vontades e desejos. Você não está forçando os outros, mas está disposto a expressá-los e possuí-los. Você também está sendo respeitoso por não esconder suas intenções.

Se você está acostumado a agir de modo passivo ou a se comportar de forma agressiva, pode levar algum tempo para encontrar o equilíbrio e praticar a assertividade. Esteja atento tanto ao que você diz quanto ao modo como diz as coisas.

Preste atenção em suas interações e reflita sobre como você pode modificar seu comportamento para ser mais assertivo.

Seu esforço valerá a pena.

Fazer um esforço consciente para pensar e agir de forma mais assertiva pode ter um impacto profundo em sua vida pessoal e profissional.

Parece redundante, mas…

Comece a abraçar seu lado assertivo hoje, veja sua saúde emocional com mais assertividade.

Pense em como você pode agir com confiança e competência em cada reunião, e-mail ou interação e comece a ver os resultados.

Caso precise de orientações e conselhos sobre o seu posicionamento para com as pessoas, na Clínica Dr Jefferson temos profissionais preparados para aconselhamentos e acompanhamentos.

Fale conosco:
Informações e Agendamentos por mensagens no WhatsApp (11) 99715-0535.
www.wa.me/5511997150535

Siga-nos nas redes sociais:
https://facebook.com/psiquiatriadrjefferson
https://instagram.com/psiquiatriadrjefferson
https://twitter.com/psiquiatriaJ

Você também pode encontrar conteúdos didáticos em psiquiatriadrjefferson.com

Informações de contato
Formulário de contato ou agendamento de consulta
Digite seu e-mail, para que possamos continuar com você.
Digite sua data de aniversário, para que possamos lembrar.
Seu número de telefone
Selecione o estado em que você reside
Selecione uma opção
Selecione uma opção
Selecione o modo como deseja ser atendido(a)
Descreva o assunto que deseja tratar ou mensagem que deseja nos enviar

#psiquiatriadrjefferson #assertivo #assertividade #assertiva #saúdeemocional

1 comentário

Deixe um comentário